Política

Futuro de Derosso é decidido hoje pelo PSDB

O PSDB decide hoje à noite o futuro político do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, João Claudio Derosso. O pedido de afastamento do vereador do ninho tucano foi feito oficialmente pelo deputado federal Fernando Francischini. Se for expulso, João Cláudio Derosso pode perder o mandato de vereador e passar o cargo para o suplente Edson do Parolin. Ele também perde a condição de pré-candidato do partido para reeleição no cargo de vereador. Para o presidente do PSDB do Paraná, Valdir Rossoni, é necessária uma avaliação profunda do caso de João Cláudio Derosso. De qualquer forma, o veredicto final ocorrerá ainda na noite de hoje.

Valdir Rossoni negou que as denúncias contra o vereador tenham partido de dentro do ninho tucano. De acordo com ele, o julgamento passa exclusivamente por uma decisão ética.

João Cláudio Derosso é investigado por supostamente ter autorizado gastos irregulares com publicidade e a contratação de funcionários fantasmas, além de nepotismo por contratar a sogra e a cunhada para cargos públicos. Derosso estava há 15 anos na presidência da Câmara.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Oposição recorre ao TCU para que analise venda da Copel

Oposição recorre ao TCU para que analise venda da Copel

Bancada pede que o Tribunal cobre da Companhia supostas fragilidades no processo

Traiano pode assumir 5º mandato seguido na presidência da Alep

Traiano pode assumir 5º mandato seguido na presidência da Alep

Supremo Tribunal Federal limitou reeleições, mas decisão não tem efeito retroativo

TSE mantém inegibilidade de Jocelito Canto e Richa será deputado

TSE mantém inegibilidade de Jocelito Canto e Richa será deputado

Canto foi condenado em 2002 por improbidade administrativa mas só pagou a multa em 2022

TSE julga nesta terça (6) candidatura de Jocelito Canto (PSDB)

TSE julga nesta terça (6) candidatura de Jocelito Canto (PSDB)

Se TSE negar recurso, Beto Richa (PSDB) assume o lugar de Jocelito Canto na Câmara