Grades de canaletas do expresso são furtadas em Curitiba

(Foto: colaboração/WhatsApp)

Depois da fiação pública e privada, das peças de cemitérios, bueiros e ralos, e até dos hidrômetros da Sanepar em residências, comércios e órgãos públicos, agora as grades de proteção da canaleta do expresso tem sido alvo de furtos em Curitiba.

Na última semana, na Avenida Marechal Floriano Peixoto, próximo à estação tubo Pádua Fleury, no bairro Hauer, as grades que dividem a calçada da canaleta do Expresso estão “desaparecendo” aos poucos. A cada dia some um pedaço da grade. A principal suspeita é que o destino seja o mesmo das outras peças de metal: a venda por quilo.

O vice-presidente do Conselho de Segurança do Hauer, Gilson Santana, afirma que o grupo já comunicou a prefeitura dos furtos.

Gilson conta que as grades foram furtadas em duas etapas. Ainda há outro pedaço que não foi desmontado. Ele acredita que o ladrão deve voltar para pegar a outra parte.

Segundo a Prefeitura, apenas entre o final de julho e metade de agosto foram roubados pelo menos 30 dos ralos responsáveis por escoar o excesso de água das vias públicas da Regional Portão, com prejuízo que ultrapassa 20 mil reais. A situação chegou ao ponto de a equipe de manutenção urbana ter sido obrigada a substituir os ralos de ferro por outros de concreto.

Outro crime que tem chamado a atenção nos últimos meses é o furto de hidrômetros (relógios de água), que medem o consumo dos imóveis. Segundo a Sanepar, nos últimos três meses o furto do equipamento cresceu quatro vezes. Só neste ano, foram mais de 3.120 hidrômetros roubados.

Até mesmo a sede da Polícia Rodoviária Federal e a Câmara Municipal, duas vezes, já foram alvo dos criminosos. O prejuízo maior ao município tem sido por conta do furto de caixas controladoras de semáforos e fios de cobre. Até o final de agosto, mais de 120 cruzamentos já haviam sido prejudicados por conta da situação, com um prejuíço estimado em R$ 1,5 milhão aos cofres públicos.

Já nos cemitérios, os alvos da criminalidade têm sido materiais de bronze e placas de túmulos. A orientação da prefeitura é de que caso o cidadão perceba o furto de equipamentos públicos deve acionar imediatamente a Guarda Municipal pelo telefone 153. Dessa forma, via Central de Operações, é possível encaminhar a viatura mais próxima para atender a ocorrência.

(Foto: reprodução/Google Street View)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*