Greca sai da UTI e deve voltar à Prefeitura na próxima semana

Foto: Assessoria/Divulgação

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN) deve voltar às atividades na próxima segunda-feira, dia 7 de janeiro. O anúncio foi feito pelo próprio político nesta quinta-feira (3) em um vídeo divulgado pela assessoria de imprensa da Administração Municipal.

Ele saiu da UTI do Hospital Marcelino Champagnat no fim da manhã de hoje, mas segue internado em um quarto com quadro de saúde considerado estável. Segundo o último boletim médico, Greca se recupera bem da cirurgia de emergência realizada no dia 28 de dezembro. Na gravação, o prefeito aparece em pé e afirma que continua trabalhando mesmo hospitalizado.

Ainda de acordo com o boletim médico, “Os exames de controle também continuam apresentando bons resultados”. Mas, mesmo após a alta médica, Greca vai ter que manter uma dieta alimentar restrita e vai precisar de curativos por até 30 dias.

O prefeito foi internado no fim do mês passado com febre e indisposição alimentar – sintomas que teriam começado alguns dias antes. Ele passou por uma cirurgia de três horas para restaurar parte do intestino delgado que acabou perfurado após um estrangulamento provocado por uma hérnia infeccionada.

Esta é a terceira vez que o político é internado desde que foi eleito, em outubro de 2016. Em 1º de janeiro de 2017, menos de 24 horas depois de tomar posse, ele já havia sido hospitalizado com diagnóstico de uma tromboembolia pulmonar, que é a presença de um coágulo de sangue que se aloja nos vasos sem lesão ao pulmão. Greca também havia sido internado no fim de 2016 por se sentir indisposto e foi encaminhado a uma clínica para exames. Na época, os médicos disseram que ele apresentava um quadro de ansiedade provocado pela expectativa da posse.

Reportagem: Daiane Andrade

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*