ParanáCidades

Guarapuava volta a exigir máscaras em caso de sintomas respiratórios

O uso também é obrigatório no aeroporto, em hospitais e outros estabelecimentos de saúde

 Guarapuava volta a exigir máscaras em caso de sintomas respiratórios

Foto: divulgação/Unsplash

O uso de máscaras para pessoas com sintomas respiratórios voltou a ser obrigatório em Guarapuava, na região central do estado. No município o uso também é obrigatório no aeroporto Tancredo Thomas de Farias, em hospitais e outros estabelecimentos de saúde.

Além disso, há uma recomendação para o uso do item de proteção para pessoas que não completaram o esquema de vacinação contra a Covid-19, imunocomprometidos, gestantes e puérperas, que mulheres que ainda não completaram 45 dias do período pós-parto. Nestes casos o uso não é obrigatório, mas indicado por questões de segurança.

As medidas, anunciadas pela Secretaria de Saúde do município, levam em consideração a recomendação feita pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Em todo o estado a Sesa registra um aumento no número de casos de Covid-19 e devido a isso divulgou essa semana uma nova resolução para o enfrentamento da pandemia no estado.

A vacinação continua sendo a principal forma de conter o avanço da doença e dos sintomas, com redução no número de hospitalizações e de casos de letalidade.  

vanessa.fontanella

BR-277: Tempo médio de viagem até Paranaguá fica em 1h14min

BR-277: Tempo médio de viagem até Paranaguá fica em 1h14min

Permanece o desvio operacional no quilômetro 42, em Morretes

BR-277: 7 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Curitiba

BR-277: 7 quilômetros de fila em Morretes, no sentido Curitiba

Na Serra do Mar, permanece o desvio operacional, após o deslizamento de terra

Nota Paraná devolve R$ 23 milhões em créditos

Nota Paraná devolve R$ 23 milhões em créditos

Os contribuintes concorrem a prêmios de R$ 10 a R$ 1 milhão