Horários de passeios de barcos no litoral serão ampliados no feriado

(Foto: divulgação/Prefeitura de Paranaguá)

Um dos destinos mais procurados no feriadão de 7 de setembro no litoral do Paraná são as ilhas de Superagui e do Mel. Para atender o aumento da demanda entre os dias 6 e 9 de setembro, os horários de embarcações serão ampliados, tanto nas saídas de Pontal do Sul quanto em Paranaguá.  Há também opções para visita de outras seis ilhas e um passeio de barco pelo Porto de Paranaguá onde é possível ver golfinhos.

Os preços variam conforme a escolha do destino com preços entre 25 e 56 reais, que incluem a passagem de ida e volta e a taxa de embarque.

O fiscal da Associação de Barqueiros do Litoral Norte do Paraná – a Abaline. Vandir Alves de Oliveira explica como serão os horários com saídas de Pontal do Sul.

Ele também comenta que para os assentos especiais é necessário fazer reserva.

Uma das orientações em períodos de feriado, é chegar com antecedência em relação ao horário de embarque.

As embarcações de Pontal do Sul tem como destino apenas Ilha do Mel para as praias de Brasília e Encantadas. Já as saídas  a partir de Paranaguá, levam os passageiros para ao menos 7 ilhas. O representante da  Barcopar – Associação de Barqueiros do Paraná, Eron Nascimento, destaca que todas as embarcações estarão disponíveis para atender os turistas.

Além da Ilha do Mel, Superagui, Guaraqueçaba e ilha das Peças, há outras  ilhas para o turista conhecer. Entre elas, um passeio de barco pelo entorno do porto de Paranaguá até a igreja do Rocio.

O preço da tarifa para o passeio de barco do Porto é  de 25 reais por pessoa e crianças até 8 anos não pagam. Para a Ilha do Mel, 56 reais, Guaraqueçaba e Superagui 37, ilha das Peças 26 reais, todos valores para ida e volta.  Mais Informações sobre os horários e tarifas estão disponível no site abaline.com.br  ou pelos fones 3425-6173 e 3455-2616

Reportagem: Fábio Kiil

(Foto: divulgação/Abaline)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*