CuritibaGeral

Imigrantes haitianos denunciam ato de xenofobia em escola de Curitiba

De acordo com a família, as denúncias foram formalizadas no MP-PR

 Imigrantes haitianos denunciam ato de xenofobia em escola de Curitiba

Foto: divulgação Internet

Uma escola particular de Curitiba está sendo acusada de racismo e xenofobia por uma família de imigrantes haitianos. Segundo a denúncia, desde o início do ano letivo, Mary Kayne Belotte Elysse, de 4 anos, vem sendo vítima de preconceito por parte de um outro aluno da mesma sala. O pai de Mary Kayne conta que a menina, desde os primeiros dias de aula, reclama que não consegue fazer amizades. Mas, o caso mais grave aconteceu na última semana quando o outro aluno teria chamado Mary de “cocô” e cuspido na cara na menina. Em um outro episódio, a criança teria sido derrubada pelo colega e chegou a fraturar o pulso. O pai de Mary, Reginaldo Elysse, conta que a escola se recusa a tomar qualquer providência porque o menino autor das agressões seria filho de uma funcionária da instituição:

Depois do último relato de agressão, Reginaldo conta que a família decidiu tirar Mary da escola. Segundo os pais, foram várias tentativas de conversar com a direção que não surtiram efeito:

A família afirma já ter feito a denúncia formal no Ministério Público. Em nota, o Sesc Educação Infantil de Curitiba, que é a escola denunciada, afirma que as denúncias não são verdadeiras e que não houve nenhum caso de racismo ou discriminação dentro da instituição. A escola afirmou ainda que ficará em silêncio sobre a acusação de que a criança que discriminou seria filho de uma funcionária da escola em respeito à legislação que garante a preservação da intimidade dos envolvidos no processo. Na mesma nota, o Sesc Educação Infantil reforça que não é conivente com comportamentos inadequados e que as imagens internas da instituição estão preservadas e à disposição da justiça.

Reportagem: Angela Luvisotto

angela.luvisotto

Fúria fará homenagem no jogo de domingo à presidente falecido

Fúria fará homenagem no jogo de domingo à presidente falecido

Mauro Machado Urbim teve morte cerebral nesta segunda, as circunstâncias estão sendo investigadas

Guto Silva desiste de candidatura ao Senado pelo Paraná

Guto Silva desiste de candidatura ao Senado pelo Paraná

Guto Silva assume um cargo na coordenação da campanha de reeleição do governador Ratinho Junior

Prefeitura reforça importância da dose de reforço contra a Covid-19

Prefeitura reforça importância da dose de reforço contra a Covid-19

Além da dose de reforço, está sendo ofertada também a vacina contra a gripe influenza

Telefones da Guarda Municipal e outros serviços ficarão indisponíveis

Telefones da Guarda Municipal e outros serviços ficarão indisponíveis

Os serviços telefônicos como o da Defesa Civil, também passarão por manutenção preventiva do sistema