Indígenas bloqueiam os dois sentidos da BR-277 por mais de quatro horas

(Foto: Ricardo Pereira/BandNews Curitiba)

Indígenas bloquearam totalmente a BR-277 por mais de quatro horas nesta sexta-feira (12) de manhã e provocaram um congestionamento superior a 10 quilômetros nos dois sentidos. A interdição foi nas proximidades da praça de pedágio em São José dos Pinhais. Os manifestantes reivindicam melhorias na gestão da saúde pública indígena. Centenas de motos, carros e caminhões ficaram parados enquanto a pista esteve bloqueada.

O caminhoneiro Sérgio Miranda criticou a maneira escolhida para o protesto.

Outros motoristas também se indignaram com o transtorno causado pelos manifestantes.

A mobilização começou por volta das 6h40. Um dos integrantes do movimento, Xunu Mirim, disse que a mudança no regime de contratação de agentes de saúde também é uma das reivindicações. Ele afirmou que, se não houver acordo, novos bloqueios acontecerão nos próximos dias.

Depois de dar entrevista à BandNews FM, o representante do grupo decidiu pela liberação da via.

A interdição aconteceu no km 61 da rodovia. No sentido litoral, a fila passou de 10 quilômetros. Na pista contrária, o congestionamento foi um pouco menor, segundo a concessionária que administra o trecho. A Polícia Rodoviária Federal acompanhou toda a manifestação, que, apesar de tumultuada, foi pacífica. Motoristas questionaram o motivo de a polícia não tomar nenhuma providência.

A PRF disse que o uso da força é a última opção e acontece apenas em casos extremos.

Reportagem: Ricardo Pereira

(Foto: Ricardo Pereira/BandNews Curitiba)
(Foto: Ricardo Pereira/BandNews Curitiba)