Justiça decreta prisão de casal suspeito de matar o filho

 Justiça decreta prisão de casal suspeito de matar o filho

Corpo da criança estava enterrado no topo de uma pedreira (Foto: Ricardo Pereira/BandNews)

Corpo da criança estava enterrado no topo de uma pedreira (Foto: Ricardo Pereira/BandNews)

A Justiça decretou a prisão da mulher suspeita de participação na morte do filho, um bebê de apenas seis meses. O corpo da criança foi encontrado ontem (26), enterrado no topo de uma pedreira em Itaperuçu, região metropolitana de Curitiba. Acredita-se que o corpo estava lá havia pelo menos vinte dias.

No começo, a mulher e o marido alegaram que o bebê havia sido sequestrado por quatro mulheres. No entanto, o comportamento da mãe da criança levantou suspeitas da polícia. É o que explica a delegada Iara Dechiche, do Sicride.

O pai da criança era foragido do sistema penitenciário. Ontem, quando os policiais foram até a casa dele para recaptura-lo, aproveitaram para questionar o suposto desaparecimento da criança. Foi aí que o casal admitiu que enterrou a criança. No entanto, alegaram que a morte foi ocasionada por um afogamento acidental, durante o banho. Na delegacia, o homem se mostrou bastante calmo e tentou se explicar.

Por uma série de contradições e relatos mal explicados, a polícia não tem dúvidas de que a criança foi assassinada.

A versão dada pelo casal, para tentar justificar o enterro da criança, é a de que a mulher tentava evitar que o marido, foragido, voltasse a ser preso, caso as autoridades fossem acionadas. Marido e mulher agora devem responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem