Litoral intensifica vacinação contra febre amarela e mantém programação do Carnaval

(Foto: divulgação/ Prefeitura de Morretes)

O registro de um caso de Febre Amarela no litoral do Paraná e de outros dois confirmados na cidade de Adrianópolis, na região metropolitana de Curitiba, não vão mudar a programação do Carnaval nos municípios da região litorânea.

Nesta sexta (08), por exemplo, Paranaguá terá a escolha do cortejo real e o baile gala gay e no dia 24 de fevereiro, o tradicional Banho de Mar à Fantasia. Em Antonina, haverá Grito de Carnaval no Recanto Cacatu, a partir das 21 horas.

Para aumentar a imunização e garantir a festa dos foliões, as secretarias de saúde de Paranaguá, Pontal do Paraná, Matinhos, Guaratuba, Guaraqueçaba, Antonina e Morretes estão intensificando as ações de prevenção contra a doença e incentivando a vacinação. Alguns municípios vão promover o chamado Dia D para mobilização dos moradores.

Em Paranaguá, a vacina contra a Febre Amarela está disponível em todas as 19 unidades básicas das 8h às 17h e também no período da noite em outras sete unidades, que tem horário estendido até às 23 horas. Até ontem (7), 8.139 pessoas foram vacinadas em Paranaguá.

Em Pontal do Paraná, as vacinas estão sendo aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta, das 8h às 17h. A tenda da saúde, montada na Praça de Ipanema, também está aplicando a vacina, de segunda a sábado, das 18h às 23h e nos sábados das 8h às 17h.

A secretária de saúde de Pontal do Paraná, Elinete Guimarães Rocha, conta que foram aplicadas 1530 doses da vacina entre 29 de janeiro e 6 de fevereiro. Ela considera o número ainda baixo, por isso, a prefeitura de Pontal prepara mais ações de prevenção, inclusive durante o Carnaval.

Em Guaraqueçaba, a vacina está sendo aplicada nas unidades de saúde: Superagui, Tagaçaba e na Sede, de segunda a sexta, entre as 8h e 17h30. Além disso, equipes volantes estão visitando as comunidades rurais e marítimas. A meta da prefeitura de Guaraqueçaba é visitar 100 por cento das residências ainda essa semana.

A prefeitura de Guaratuba ampliou os horários das Unidades de Saúde, com reforço na área rural. Neste sábado (9) será realizada mobilização, o chamado Dia D, com todas as unidades abertas para vacinação, das 7h às 17h.

Equipes também atenderão a comunidade levando as vacinas, mediante agendamento prévio na secretaria municipal da saúde. O telefone para esse atendimento volante é (41) 3472 8789. Em Antonina, as Unidades de Saúde da Família e os Postos de Saúde estão funcionando das 8h às 17h e a vacinação foi estendida para adultos acima de 59 anos.

Apesar de 95% da população de Antonina ter sido imunizada contra a Febre Amarela, recentemente a prefeitura decretou Situação de Alerta em Saúde.

A medida foi necessária para ampliar o índice de vacinação e a conscientização da comunidade sobre a limpeza de seus quintais para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Em Antonina, um ônibus chamado “linha da vacina” leva as doses para grupos familiares e funcionários de empresas.

A secretária de Saúde de Morretes, Lúcia Shingo, conta que o município está intensificando a vacinação diária nos nove postos de saúde, das 8h às 17h e vai estender a aplicação das doses amanhã, sábado (9), das 9h às 17h. Vizinha de Antonina, a cidade de Morretes teve três casos em análise, mas que foram descartados como sendo Febre Amarela.

Entre o final de janeiro e ontem (7), foram vacinadas 3.281 pessoas em Morretes.

Em Matinhos, as unidades básicas de saúde estão atendendo em horário estendido e equipes de vacinação estão indo nas residências aplicar as doses. O secretário de saúde Claudir Lourenço, conta que os moradores tem comparecido nos postos em busca da imunização.

Nesta semana, a prefeitura de Matinhos desmentiu a notícia compartilhada pelas redes sociais de que o município teria declarado situação de emergência por conta da Febre Amarela. A prefeitura de Matinhos afirma que a notícia é falsa.

A orientação é que os foliões que pretendem passar o carnaval no litoral do estado busquem se vacinar com antecedência. A vacina começa a fazer efeito depois de dez dias da imunização.

Reportagem: Kelly Frizzo

(Foto: divulgação/ Prefeitura de Paranaguá)
(Foto: divulgação/ Prefeitura de Paranaguá)
(Foto: divulgação/ Prefeitura de Pontal do Paraná)
(Foto: divulgação/ Prefeitura de Pontal do Paraná)
(Foto: divulgação/ Prefeitura de Pontal do Paraná)
(Foto: divulgação/ Prefeitura de Guaraqueçaba)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*