Mais jovem caloura de Medicina da UFPR tem 15 anos

(Foto: reprodução/ Facebook-Natãmy Nakano)

Uma adolescente de 15 anos é caloura do curso mais concorrido da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Natãmy Nakano foi aprovada no vestibular para Medicina e deve começar as aulas já no próximo dia 4 de fevereiro. Diagnosticada com Síndrome de Asperger (um tipo de autismo) aos 13 anos e com altas habilidades, a adolescente prestou vestibular pela primeira vez com 11 anos de idade.

Chegou a conquistar uma vaga em Engenharia de Bioprocessos na UTFPR dois anos atrás e cursou o técnico em gás e petróleo da instituição, se tornando a mais jovem acadêmica do país. A precocidade faz parte da vida da jovem desde que nasceu.

A mãe, que é professora e doutoranda da UFPR em Ciências e Engenharia dos Materiais, Andreia Pichorim conta que a menina começou a ler quando ainda era um bebê.

A inteligência acima da média também trouxe dificuldades. Na escola, ela passou pelo processo de aceleração e avançou nos estudos. Em partes porque tinha conhecimento além do que era ensinado na turma em que estava, mas também porque tinha dificuldade em encontrar pessoas dispostas a dividir a rotina lado a lado.

Tantos percalços foram recompensados no último dia 11 de janeiro, quando amenina finalmente pulou na piscina de lama do Câmpus Agrárias da UFPR.

A especialização ainda não foi decidida, mas ela pensa em trabalhar na área cirúrgica, especialmente porque tem muita habilidade motora.

Reportagem: Ana Flavia Silva

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*