Mesmo feitas em casa, atividades físicas precisam de orientação profissional

jonathan-borba-lrQPTQs7nQQ-unsplash
Foto: divulgação/Unsplash

Com as academias fechadas e as recomendações de isolamento social, muitas pessoas passaram a fazer atividades físicas em casa. No entanto para se exercitar por conta própria é preciso redobrar os cuidados para evitar lesões.

O educador físico, especialista em fisiologia do exercício, Rogerio Morizine, é preciso respeitar a individualidade de cada pessoa ao pensar as nas atividades mais recomendadas para cada um.

Segundo Morizine, uma das recomendações é manter treinos que já eram aplicados antes do fechamento das academias. Mas com a consciência de que isso não trará os mesmos resultados, já que o acompanhamento profissional – mesmo que a distância – é fundamental.

Já para quem iniciou as atividades físicas nesse período, a indicação também é procurar uma orientação profissional para evitar lesões ou forçar demais a musculatura. Os exercícios contribuem para manter o bom humor e a saúde em dia, mas precisam ser feitos de maneira correta e em segurança. 

Reportagem: Ana Flavia Silva