ParanáGeral

Ministério Público denuncia 22 pessoas pelo assalto em Guarapuava

A denúncia apresentada traz sete crimes, incluindo latrocínio, sequestro e organização criminosa

 Ministério Público denuncia 22 pessoas pelo assalto em Guarapuava

Foto: reprodução.

22 pessoas foram denunciadas por envolvimento na tentativa de roubo à empresa de valores em Guarapuava, na região central do estado. As denúncias foram apresentadas pelo Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio das Promotorias de Justiça Criminais de Guarapuava. Os investigados são acusados de latrocínio, incêndio, sequestro, dano ao patrimônio público, porte de armas de uso restrito, receptação e organização criminosa.

O crime aconteceu em abril, no domingo de páscoa. Bandidos fortemente armados invadiram a cidade, o alvo era a transportadora de valores. E durante a ação o bando atacou a sede do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Eles atearam fogo em seis veículos, incluindo caminhões, para bloquear as saídas do quartel e dispararam vários tiros. Dois policiais foram atingidos. Um deles morreu no hospital, alguns dias depois. Ainda durante a ação, três pessoas que estavam na rua foram feitas de refém. Os bandidos chegaram a entrar na empresa de valores, mas não conseguiram acesso ao cofre principal e fugiram.

Desde então, policiais do Paraná e de São Paulo investigam a ação, conhecida como “novo cangaço”. Em setembro 17 suspeitos foram presos. E agora 22 pessoas são denunciadas pelo Ministério Público por envolvimento no crime. Os nomes ainda não foram divulgados. As ações penais já foram recebidas pela Justiça e devem tramitar junto ao Juízo da 2ª Vara Criminal de Guarapuava.

vanessa.fontanella

UFPR oferta 1303 vagas pelo SiSU

UFPR oferta 1303 vagas pelo SiSU

As inscrições acontecem entre os dias 16 e 24 de fevereiro.

Autorizações de viagens para menores podem ser feitas em cartórios

Autorizações de viagens para menores podem ser feitas em cartórios

O serviço atende pais de crianças ou adolescentes menores de 18 anos

Paraná foi o estado que mais empregou mulheres no Sul

Paraná foi o estado que mais empregou mulheres no Sul

Foram criados 67 mil 185 postos de trabalho formais para elas

UFPR abre PSS para preencher 570 vagas de graduação

UFPR abre PSS para preencher 570 vagas de graduação

As oportunidades estão nos campi de Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina e Pontal do Paraná