ParanáGeral

Mulher tenta votar no lugar da filha em Telêmaco Borba

Caso de falsidade ideológica foi percebido pelo mesário responsável pela seção

 Mulher tenta votar no lugar da filha em Telêmaco Borba

Foto: Marcelo Camargo – Agência Brasil

Segundo a Polícia Militar, um caso de falsidade ideológica eleitoral aconteceu em Telêmaco Borba, nos Campos Gerais do Paraná, onde uma mulher tentou votar no lugar da filha.  O mesário que atendia os eleitores da seção percebeu que a mulher não era a mesma pessoa que estava nos documentos e acionou a polícia.

Ela foi encaminhada para assinatura de um termo circunstanciado.  O secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, considerou o número de ocorrências reduzido em relação à quantidade de pessoas envolvidas no processo eleitoral em todo o estado.

Segundo um boletim divulgado na noite deste domingo, a Secretaria de Segurança Pública registrou 14 crimes eleitorais neste segundo turno no Paraná. Além do caso de falsidade ideológica, foram três registros de boca de urna, 3 casos de desobediência das ordens da Justiça Eleitoral, dois de violência ao sigilo do voto, dois de desordens que prejudicam os serviços eleitorais, um caso de compra de votos, um de ameaça e um de propaganda irregular. Segundo a Polícia Militar, os números ainda podem sofrer atualizações.

Reportagem Amanda Yargas

amanda.yargas

Buscas por vítimas do deslizamento de terra na BR-376 avançam

Buscas por vítimas do deslizamento de terra na BR-376 avançam

Volume de terra que ainda resta para ser removido é cerca de 5 mil m³

DER-PR alerta sobre limite de peso no ferry boat

DER-PR alerta sobre limite de peso no ferry boat

Ultrapassar esse limite pode danificar atracadouros e colocar em risco os usuários

Caso Evandro: revisão criminal é retirada de pauta

Caso Evandro: revisão criminal é retirada de pauta

O menino desapareceu no percurso entre a casa dele e a escola