ParanáGeral

Novas testemunhas de assassinato de petista são ouvidas

Polícia estima concluir inquérito na próxima semana

 Novas testemunhas de assassinato de petista são ouvidas

Foto: Reprodução/Facebook

Ao menos três pessoas devem prestar depoimento hoje (quarta-feira, 13) no inquérito que apura a morte do tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Desde o início da investigação, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), 14 testemunhas foram ouvidas pela força-tarefa que investiga o caso. Entre elas, Pamela Suelen Silva, viúva de Marcelo Arruda. O conteúdo da declaração dela não foi divulgado.

A reportagem da BandNews FM teve acesso ao depoimento de um amigo de Arruda, que estava na festa de aniversário. Segundo ele, a comemoração ocorria normalmente quando um homem apareceu dentro de um carro branco e gritou: “Aqui é Bolsonaro”. Ele afirmou que o policial penal manobrou o carro, voltou, continuou com os xingamentos e sacou uma pistola apontando para Marcelo. Neste momento, segundo o depoimento, Marcelo jogou o copo que tinha na mão em direção ao homem para se defender.

A testemunha é a mesma que antecipou as informações ainda no final de semana à BandNews FM.

À polícia, o amigo voltou a dizer que ninguém na festa conhecia Jorge Guaranho, e que ele não era convidado. No início da semana, o Ministério Público do Paraná (MPPR) informou que em um primeiro depoimento a esposa do policial penal havia informado que ele é um dos diretores da associação proprietária do salão onde a festa ocorria.

O inquérito que investiga o assassinato do guarda municipal e líder sindical deve ser concluído na próxima terça-feira (19), segundo previsão da Sesp. Enquanto novos depoimentos são colhidos, Guaranho permanece internado na UTI de um hospital de Foz. Conforme a secretaria de Segurança, hoje (quarta-feira, 13) no início da tarde, está prevista a divulgação do estado de saúde atualizado do policial penal federal. Espera-se que o inquérito seja concluído até a próxima terça-feira (19).

Reportagem: Leonardo Gomes.

felipe.costa

Justiça nega pedido de Habeas Corpus a Jorge Guaranho

Justiça nega pedido de Habeas Corpus a Jorge Guaranho

Para manutenção da prisão, o relator citou "as eleições que se avizinham"

Jorge Guaranho chega ao Complexo Médico Penal, em Pinhais

Jorge Guaranho chega ao Complexo Médico Penal, em Pinhais

Réu pela morte de Marcelo Arruda, policial penal teve a prisão domiciliar revogada

Compras do Dia dos Pais devem aumentar 8% em 2022

Compras do Dia dos Pais devem aumentar 8% em 2022

Um estudo da Faciap mostrou que a maioria dos comerciantes está otimista para este ano

O Sistema Fiep lançou livro digital com tendências globais

O Sistema Fiep lançou livro digital com tendências globais

A intenção é contribuir com temas relacionados à tecnologia, saúde, meio ambiente e negócios