Novo pacote para aquecer a economia deve ser lançado no próximo mês no Paraná

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Um novo pacote de estímulo à economia durante a pandemia deve ser anunciado entre julho e agosto pelo Governo do Paraná. O pacote deve incluir medidas de apoio a empresários, à manutenção de investimentos privados no Estado e de incentivo às compras de pequenos comerciantes pela população.

De acordo com o chefe da casa civil, Guto Silva, o Governo está finalizando este pacote com ações para fazer a economia circular neste momento difícil.

Uma grande preocupação do governo são os setores de comércio e serviços, que empregam muitas pessoas e foram bastante afetados pela crise do coronavírus. Por isso, as novas medidas a serem anunciadas deverão conter incentivos para que a população compre do pequeno comerciante e que a escolha recaia em produtos paranaenses.

Ele afirma que a estratégia do governo para que o Estado saia rapidamente da crise é somar as novas medidas de incentivo, os resultados do agronegócio e fortes investimentos públicos.

Somente a Fomento Paraná recebeu mais de 28 mil pedidos de créditos novos a partir de 27 de março, quando foi lançado o Programa Paraná Recupera, criado para apoiar empreendedores informais, MEIs, micro e pequenas empresas.

Deste total, quase 10 mil operações já foram processadas e a Fomento agiliza a análise dos restantes, batendo recorde em contratos de microcrédito.

Reportagem: Lorena Pelanda