O Paraná já tem mais de 30 novas leis relacionadas a pandemia do coronavírus

alep-novas-leis
Foto: Leciomar Castilho/ALEP

Durante os três meses da pandemia do coronavírus, o Paraná ganhou 30 novas leis relacionadas à crise sanitária e econômica causada pelo vírus. Os projetos, que tramitaram em regime de urgência, são projetos que vão desde a declaração de calamidade pública em mais 300 cidades paranaenses até a obrigatoriedade de instalação de dispensers de produto antisséptico em banheiros coletivos do estado. No Paraná, o uso de máscaras de proteção é obrigatório nas 399 cidades paranaenses.

Segundo o presidente da Assembleia, deputado estadual Ademar Traiano (PSDB), são projetos que tramitaram com agilidade no legislativo, mesmo com as sessões acontecendo de forma virtual:

Ainda segundo Traiano, durante o período da crise, 37 milhões e 700 mil reais em recursos que estavam destinados para a manutenção das atividades do legislativo estadual foram destinados para o Fundo Estadual da Saúde:

Por causa da pandemia a tramitação dos projetos no legislativo paranaense acontecem de forma acelerada, mesmo com a maioria dos funcionários e deputados trabalhando de forma remota ou com equipes reduzidas. A Comissão de Constituição e Justiça, por exemplo, analisa os projetos no mesmo dia em que acontece a votação deles.

Reportagem: Angela Luvisotto