ParanáGeral

Ocupação de UTIs gerais do Paraná chega a 86%

A taxa de ocupação está acima do ideal, mas não faltam vagas no estado

 Ocupação de UTIs gerais do Paraná chega a 86%

Foto: Gilson Abreu/AEN

As UTIs gerais do Paraná alcançaram, nesta terça-feira (31), uma taxa de ocupação de 86%. O índice é superior ao máximo recomendado pela Agência de Saúde Suplementar, do Ministério da Saúde. O aumento de pacientes com quadros respiratórios, como pneumonia e covid-19, pressiona a gestão do sistema integrado de saúde.

A situação é pior em algumas regionais, como a do litoral, que alcançou 100% de ocupação nas 16 vagas de UTI geral. Toledo, na região oeste, Paranavaí, no noroeste, e Ivaiporã, na região norte, também não tinham vagas disponíveis para adultos, segundo o Portal da Transparência.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, não faltam leitos no Paraná e todos os pacientes estão sendo absorvidos pela rede de atendimento. A pasta também aponta que as taxas de ocupação sempre permaneceram em patamares altos.

Reportagem: Angelo Sfair.

felipe.costa

Milho embarcado em Paranaguá cresce 161% em janeiro

Milho embarcado em Paranaguá cresce 161% em janeiro

Paraná é o segundo estado do país com maior número de plantação autorizada

Obra da Orla de Matinhos atinge 67% de conclusão

Obra da Orla de Matinhos atinge 67% de conclusão

O investimento do governo na obra de revitalização é de R$ 500 milhões

BR-277 continua com restrições de trânsito em fevereiro

BR-277 continua com restrições de trânsito em fevereiro

O modelo será o mesmo utilizado em janeiro, com exceção do Carnaval