ParanáGeral

Operação do Gaeco: policiais civis e delegado estão entre alvos

Foram cumpridos 26 mandados em 13 cidades do PR e uma de SC

 Operação do Gaeco: policiais civis e delegado estão entre alvos

Foto: Divulgação MPPR

Cinco investigadores da Polícia Civil, quatro escrivães e um delegado são alvo de uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, que cumpriu nesta manhã (quarta-feira, 1º), 26 mandados de busca e apreensão em 13 cidades do Paraná e uma de Santa Catarina. A ação é um desdobramento de uma operação realizada em abril de 2019, para investigar possíveis delitos cometidos com a participação de policiais civis. São apurados os crimes de corrupção passiva, estelionato, prevaricação e associação criminosa.

Conforme investigações do Gaeco, um empresário manteria uma empresa de recuperação de automóveis furtados que ele “encontrava”. Para isso, ele contaria com o auxílio de agentes da Polícia Civil, que passavam previamente os dados dos veículos para o líder da organização. Entre os alvos dos mandados, estão um delegado, quatro escrivães e cinco investigadores.

O Juízo da 2ª Vara Criminal de Guaíra, responsável pelas ordens judiciais, determinou também a suspensão das atividades econômicas da empresa investigada, o bloqueio de bens de dez investigados, em valores que variam de R$ 22.698,00 a R$ 1.791.311,00, além da suspensão de quatro policiais de suas funções.

O promotor de Justiça Thiago Lisboa Mendonça, do Gaeco, detalha o esquema criminoso.

Os mandados foram cumpridos em sete delegacias de polícia, um escritório de advocacia, uma empresa e diversas residências em Curitiba, São José dos Pinhais, Piraquara, Toledo, Foz do Iguaçu, União da Vitória, Altônia, Guarapuava, Matinhos, Pontal do Paraná, Pinhais e Umuarama, além de Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Vídeo: Divulgação MPPR

felipe.costa

Renegociação com Paraguai será o maior desafio de Itaipu

Renegociação com Paraguai será o maior desafio de Itaipu

Enio Verri, novo diretor-geral da Hidrelétrica destaca Anexo C como maior desafio

BR-277: Fila aumenta viagem em 1h00 no sentido Curitiba

BR-277: Fila aumenta viagem em 1h00 no sentido Curitiba

Em Morretes, permanece a interdição parcial no quilômetro 42

BR-376: 7 quilômetros de fila em Guaratuba, no sentido Curitiba

BR-376: 7 quilômetros de fila em Guaratuba, no sentido Curitiba

Fila permanecia no trecho da Serra do Mar, no quilômetro 668

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

O ponto foi considerado apto aos banhistas e esportistas, conforme boletim de balneabilidade do IAT