Operação Trânsito Seguro intensifica fiscalização na BR-116, entre Fazenda Rio Grande e Curitiba

(Foto: divulgação/PRF)

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal intensifica a fiscalização em pontos da BR-116, especialmente no trecho entre Curitiba e Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana. A Operação Trânsito Seguro verifica documentação e situação de motociclistas e motoristas que cruzam a rodovia. As blitzes também buscam inibir a ação de motoristas que trafegam pelo acostamento.

Segundo o policial rodoviário federal Bernardo Desert, a fiscalização é feita em diferentes horários e pontos da rodovia, de acordo com as denúncias feitas à PRF.

A movimentação atípica, no entanto, tem deixado o trânsito mais lento no trajeto entre as duas cidades.O vendedor Ricardo Bergaman, que mora em Fazenda Rio Grande e trabalha em Curitiba, relata que os congestionamentos – já tradicionais na hora de pico na região – ficam ainda mais intensos com as blitzes.

Para o jornalista Claudio Ribeiro Junior, que vem para a capital saindo de Mandirituba, o problema está no horário em que as intervenções são realizadas. Ele defende a necessidade de uma fiscalização na rodovia, mas acredita que a ação está prejudicando a fluidez do trânsito.

Segundo Desert, os horários da operação são definidos de acordo com os índices de ocorrências.

De acordo com a PRF, a operação é extraordinária e deve seguir até o fim do ano. Além da fiscalização de trânsito, o objetivo é também inibir ocorrências de roubos e assaltos nas rodovias.

Reportagem: Ana Flavia Silva