Pacientes que dependem de equipamentos vitais têm contato direto com a Copel

(Foto: divulgação/Daniela Catisti-Copel)

Famílias que dependem da energia elétrica para manter equipamentos médicos vitais agora têm um contato direto com os atendentes da Copel.Uma linha de telefone exclusiva para atendimento destes casos foi lançada para atender às 3.456 famílias cadastradas no site da distribuidora nessa condição. A ligação é de graça.

A iniciativa surgiu após o desabafo de Letícia Fanini Silva, mãe do Lorenzo, que tem quatro anos e nasceu com uma síndrome que causa má formação nos órgãos. Ele depende de diversos equipamentos para manter a rotina, desde a alimentação até o monitoramento cardíaco.

A Copel já tinha, obedecendo à legislação, o cadastro de equipamento elétrico vital que dá prioridade de atendimento para casas com pacientes que utilizam máquinas por questão de saúde. É o que explica o supervisor de tele atendimento da empresa, Anderson Marcos.

Ainda assim a comunicação entre as famílias e a empresa não era efetiva. Por isso, a partir do pedido da Letícia, a Copel passou a procurar por uma solução – que acabou se transformando no canal de contato direto.

A ligação é de graça, para o número 0800 643 54 45. As famílias devem receber um comunicado, pelo correio, com o número em um ímã de geladeira. Mas a empresa reforça que o serviço é exclusivo para as famílias com cadastro de prioridade, de acordo com a necessidade médica.

Para fazer esse cadastro é preciso acessar a página da Copel e anexar documentos que comprovem a condição do morador.

Reportagem: Ana Flavia Silva


(Foto: divulgação/Daniela Catisti-Copel)