ParanáGeral

Paraná acelera processos de investigação contra assédio sexual nas escolas

24 horas depois do recebimento de uma denúncia, é possível afastar preventivamente o suspeito

 Paraná acelera processos de investigação contra assédio sexual nas escolas

Foto: SESP

Os processos de investigação contra os casos de assédio sexual na rede estadual de ensino do Paraná vão ser acelerados. Agora, dentro das primeiras 24 horas depois do recebimento de uma denúncia, é possível afastar preventivamente o funcionário ou a funcionária enquanto os fatos são apurados. Também dentro desse prazo, uma equipe do Núcleo Regional de Educação vai fazer o levantamento das evidências e notificar a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed). Com as informações em mãos, o processo de sindicância ou o processo administrativo disciplinar, dependendo da gravidade do caso, já pode começar. As medidas, que já entraram em vigor, após ajustes nos últimos meses, fazem parte da campanha contra o assédio sexual lançada pela Seed nesta quarta-feira (18). A data marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Além das novas medidas adotadas, a Secretaria também entrega os cartazes informativos para todas as escolas da rede estadual com informações sobre como denunciar casos de assédio. Por meio de um QR Code, disponível nos cartazes, os estudantes podem enviar informações ou evidências diretamente a uma equipe da Seed, responsável por apurar esse tipo de denúncia. Além disso, os paranaenses podem denunciar o crime por meio do www.181.pr.gov.br ou do telefone 181, de forma anônima e sigilosa.

Reportagem Fernanda Scholze

Band News Curitiba - 96,3 FM

Esposa se despede com “última foto” de marido atropelado

Esposa se despede com “última foto” de marido atropelado

Engenheiro tinha 51 anos e foi atingido quando seguia de bicicleta

Passageira é detida com cocaína presa nas pernas

Passageira é detida com cocaína presa nas pernas

Mulher de origem paraguaia iria embarcar para Madrid

Carro cai na baía de Guaratuba

Carro cai na baía de Guaratuba

O veículo está capotado a sete metros de profundidade e dentro há uma vítima

Bebê de nove meses morre após ser atropelado

Bebê de nove meses morre após ser atropelado

O acidente foi neste sábado (6) em Xambrê, região noroeste do Paraná