ParanáGeral

Paraná investiga três casos suspeitos de varíola dos macacos

Infectologista explica que surto merece atenção e detalha informações sobre sintomas e medidas de prevenção

 Paraná investiga três casos suspeitos de varíola dos macacos

Foto: reprodução

O Paraná acompanha pelo menos três casos suspeitos da varíola dos macacos. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, os pacientes são homens, têm entre 27 e 39 anos, e moram em Curitiba, Cascavel, na região oeste, e Londrina, na região norte. Exames laboratoriais são necessários para confirmar o diagnóstico. As amostras coletadas pelo Lacen (Laboratório Central do Estado) foram encaminhadas ao laboratório de referência para a identificação da monkeypox, em São Paulo.

Em entrevista à BandNews FM, o médico Alexandre Naime Barbosa, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, destaca que o atual surto de varíola dos macacos chama a atenção devido à forma como a doença tem se manifestado. Segundo ele, o diagnóstico não é tão simples como antigamente:

O pesquisador avalia que a dificuldade para identificar a doença prejudica o controle da monkeypox. Sem o diagnóstico correto, o paciente não realiza o isolamento e pode passar o vírus para outras pessoas, acelerando a transmissão comunitária:

O infectologista explica que a principal forma de transmissão da varíola dos macacos é pelo contato direto, pele com pele. Por isso, segundo Barbosa, é fundamental que as pessoas com sintomas procurem o serviço de Saúde. Em caso de surgimento de pústulas, o contato deve ser evitado:

O Paraná ainda não tem casos confirmados de varíola dos macacos. No Brasil, são pelo menos 17 diagnósticos, sendo o primeiro deles no dia 9 de junho, na capital paulista. Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro reconhecem a transmissão comunitária do vírus. No caso do Paraná, todos os casos suspeitos envolvem pacientes com histórico de viagens para locais onde há circulação da monkeypox – São Paulo, França, Inglaterra e Turquia.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, além das erupções na pele, os principais sintomas da varíola dos macacos envolvem febre, fadiga, calafrios, dores de cabeça ou no corpo, dores musculares e nas costas.

Reportagem: Angelo Sfair.

felipe.costa

As mulheres são maioria no eleitorado do Paraná

As mulheres são maioria no eleitorado do Paraná

A maior parte das votantes no Estado tem entre 25 e 29 anos

Paraná é o mais ágil para novos empreendedores no Sul

Paraná é o mais ágil para novos empreendedores no Sul

Os paranaenses levam em média 19 horas para abrir uma empresa no estado

Empresa oferece vagas de emprego para pessoas com deficiência

Empresa oferece vagas de emprego para pessoas com deficiência

As vagas são nas cidades de Londrina, Maringá e Rio Branco do Sul

Setor de baladas: profissionalização pode garantir negócios mais duradouros

Setor de baladas: profissionalização pode garantir negócios mais duradouros

De acordo com o Sebrae, muitos empreendedores não conhecem o mercado