ParanáGeral

Paraná registra 52 casos de feminicídio em nove meses

Nesse mesmo período foram 83 mil denúncias de agressão, 82 mil de ameaça e mais

 Paraná registra 52 casos de feminicídio em nove meses

(Foto: Maryane Vitória/CMC)

No dia nacional de luta contra a violência à mulher o Governo do Paraná destaca a adoção de medidas com o intuito de enfrentar e prevenir esse tipo de crime, garantindo de forma efetiva os direitos e a proteção das vítimas.

Do início do ano até setembro a Polícia Civil registrou 52 casos de feminicídio no Paraná. E nesse mesmo período foram 83 mil denúncias de agressão, 82 mil de ameaça, 33 mil de injúria, dentre outras infrações penais. Para se ter uma ideia, o Poder Judiciário expediu 90 mil medidas protetivas para mulheres em situação de violência.

A lei Maria da Penha traz cinco tipos de violência: psicológica, moral, patrimonial, física e sexual. E há muitas mulheres que não se dão conta de que são vítimas, até porque nem sempre o agressor começa com a agressão física. A delegada da delegacia da mulher, Emanuele Maria de Oliveira Siqueira, lembra que, em geral, existe um ciclo da violência, que pode se não for interrompido a tempo, tende a se agravar e chegar ao feminicídio.

No estado são 21 delegacias especializadas para atendimento à mulher. Há ainda o chamado “Botão do pânico”, ferramenta que faz parte do aplicativo 190 da Polícia Militar. Ao acionar esse botão a vítima tem a posição geográfica detectada pela polícia que consegue gravar 60 segundos de áudio do ambiente onde o celular está e com isso consegue encaminhar equipes ao local para atendimento.

O Ônibus Lilás também leva atendimento individualizado e sigiloso aos municípios. O veículo percorre todo o estado e conta com uma equipe multidisciplinar para prestar orientação jurídica e psicológica. E as mulheres contam ainda com serviços socioassistenciais. Mas para que todas estas ações sejam de fato efetivas e ajudem as vítimas, o primeiro passo é fazer a denúncia.

O principal canal de denúncia é o 180, que é a Central de Atendimento à Mulher. E vale lembrar que qualquer cidadão pode ajudar e denunciar casos de violência, inclusive de forma anônima.

Reportagem por Vanessa Fontanella

jully.mendes

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

O ponto foi considerado apto aos banhistas e esportistas, conforme boletim de balneabilidade do IAT

BRs 277 e 376 terão restrições de tráfego no Carnaval

BRs 277 e 376 terão restrições de tráfego no Carnaval

Obras nas rodovias não serão concluídas até o feriado

Ônibus de Curitiba a Campo Largo não adota rota alternativa

Ônibus de Curitiba a Campo Largo não adota rota alternativa

Obras na BR-277, em São Luiz do Purunã, têm causado atrasos no trajeto.

Terminal de Contêineres abre novas vagas de estágio

Terminal de Contêineres abre novas vagas de estágio

Com média de efetivação de 76%, as oportunidades estão divididas entre Curitiba e Paranaguá