ParanáGeral

Paraná tem 36 casos de varíola dos macacos

Confira a entrevista com a chefe do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância do Estado

 Paraná tem 36 casos de varíola dos macacos

Foto: Ilustrativa/iStock

O Paraná atingiu a marca de 36 casos de varíola dos macacos, também conhecida como monkeypox. Pela primeira vez, foi confirmado um caso fora de Curitiba. Até então, todos os casos estavam concentrados na capital paranaense.

Neste cenário, a estratégia da Secretaria de Estado da Saúde é estruturada em dois focos: informação sobre a doença e isolamento de casos suspeitos ou confirmados. É o que explica a chefe do Centro de Informações Estratégicas de, Paula Lindner.

A varíola dos macacos é uma doença viral, transmitida entre humanos principalmente por contato pele com pele. A forma mais comum de infecção é tendo contato direto com as lesões na pele, por exemplo, por meio do contato sexual.

Como prevenção, a SESA recomenda que gestantes utilizem a máscara. Paula explica que ainda não se sabe ao certo como a doença pode afetar mulheres grávidas.

Além das erupções na pele, que podem surgir de forma pouco numerosa, outros sintomas incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e fadiga. Em caso de suspeita de varíola dos macacos, a recomendação é de isolamento até que as lesões cicatrizem. O prazo estimado pela SESA é de 14 dias.

Reportagem: Larissa Biscaia.

felipe.costa

Mega-Sena: duas apostas do Paraná acertam 6 dezenas

Mega-Sena: duas apostas do Paraná acertam 6 dezenas

Duas apostas feitas no Paraná acertaram seis dezenas e foram ganhadoras do prêmio principal da

Justiça nega pedido de Habeas Corpus a Jorge Guaranho

Justiça nega pedido de Habeas Corpus a Jorge Guaranho

Para manutenção da prisão, o relator citou "as eleições que se avizinham"

Jorge Guaranho chega ao Complexo Médico Penal, em Pinhais

Jorge Guaranho chega ao Complexo Médico Penal, em Pinhais

Réu pela morte de Marcelo Arruda, policial penal teve a prisão domiciliar revogada

Compras do Dia dos Pais devem aumentar 8% em 2022

Compras do Dia dos Pais devem aumentar 8% em 2022

Um estudo da Faciap mostrou que a maioria dos comerciantes está otimista para este ano