Paraná totaliza 600 óbitos pela covid-19, mais de 140 são de moradores de Curitiba

combate-coronavirus-bolsistas
Foto: divulgação/ANPr

Paraná totaliza 600 óbitos e 21.089 casos pela covid-19. Com o boletim desta segunda-feira (29), a Secretaria Estadual da Saúde informa que são 573 novas confirmações e 14 óbitos causados pela infecção. Das 14 novas vítimas, 5 são mulheres e 9 homens, com idades que variam de 33 a 90 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 23 e 29 de junho.

Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba, Foz do Iguaçu, Cascavel, Itaguajé, Mandaguaçu, Maringá, Paranaguá, Presidente Castelo Branco e Sarandi. Quase 90% dos municípios paranaenses têm ao menos um caso confirmado do coronavírus. E em mais de 33% há registros de óbito pela doença.

São 5.100 pacientes recuperados, 68.137 que tiveram diagnóstico negativo e 16.083 que seguem em investigação. Atualmente, 820 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados, 665 pacientes estão em leitos do SUS e 155 em leitos da rede particular. Sessenta e cinco por cento dos leitos de UTI adulto SUS exclusivos para pacientes suspeitos ou confirmados com a covid-19 estão ocupados no estado.

Curitiba registra mais 5 óbitos e 489 casos. No total, a capital paranaense tem 4.774 diagnósticos confirmados e 145 mortes, segundo dados do boletim desta segunda-feira (29). De sexta-feira (26) para esta segunda, foram registrados 673 casos.

De acordo a Secretaria Municipal da Saúde, o aumento significativo pode ser explicado pela ampliação da testagem. Até o dia 25 de maio eram realizados, em média, 130 testes por dia. Neste último mês a média diária de pessoas testadas subiu para 1.000.

A secretária municipal de saúde, Márcia Huçulak começou a live da Prefeitura desta segunda-feira (29) falando que a preocupação com a situação de Curitiba em relação ao coronavírus é grande.

Márcia contou que mais da metade dos quadros de casos confirmados da covid-19 são de transmissão em família.

As 5 novas vítimas são quatro mulheres com idades entre 50 e 82 anos, todas apresentavam fatores de risco para complicações da covid-19 como, obesidade, doença cardiovascular, neurológica e endocrinológica.

O quinto óbito foi de um jovem de 19 anos com diagnóstico atual de leucemia mielóide aguda em estágio avançado, como explicou a médica infectologista, Marion Burguer.

Além dos 145 óbitos confirmados até agora, 441 mortes foram descartadas e dez estão em investigação para covid-19. São 2.695 pacientes recuperados, 2.913 casos descartados e 485 suspeitos. Na cidade, 368 curitibanos estão internados, destes, 125 estão em UTI’s. A taxa de ocupação das 236 UTI’s do SUS exclusivas para covid-19 na capital é de 76%.

Reportagem: Fernanda Scholze