PolíticaGeral

PGR arquiva investigação contra Ricardo Barros

É a primeira apuração com base no trabalho da CPI que Aras decide encerrar

 PGR arquiva investigação contra Ricardo Barros

Foto: divulgação Câmara dos Deputados

A Procuradoria-Geral da República (PGR) arquivou uma das dez investigações abertas a partir do relatório final da CPI da Covid-19. O caso apurava suspeitas do crime de advocacia administrativa por parte de Ricardo Barros, deputado do PP-PR, líder do governo Bolsonaro na Câmara.

Na manifestação da vice-procuradora-geral da República Lindôra Araújo afirmou que a CPI não apresentou provas suficientes para abertura de inquérito ou apresentação de denúncia contra Ricardo Barros. A PGR decidiu então pedir o arquivamento e encerrar o caso. O pedido foi enviado à ministra do STF Rosa Weber, que é a relatora do processo. Outra investigação também baseada em provas da CPI da Covid, para apurar suspeita de prevaricação do presidente Jair Bolsonaro na compra da vacina indiana Covaxin, também foi arquivada pela PGR.

O deputado comemorou a decisão.

angela.luvisotto

Muitos eleitores levam até duas horas para conseguir votar  

Muitos eleitores levam até duas horas para conseguir votar  

O mesmo problema também foi registrado em outras regiões do país.

Seções eleitorais podem ser unificadas sem aviso prévio

Seções eleitorais podem ser unificadas sem aviso prévio

Nesses casos, os eleitores das duas seções votam na mesma urna

Curitiba tem transporte coletivo gratuito neste domingo

Curitiba tem transporte coletivo gratuito neste domingo

Municípios da região metropolitana de Curitiba, Araucária e Rio Branco do Sul