CuritibaGeral

PM alega seguir protocolo em negociação trágica em Curitiba

O policial chegou a ficar sem a arma de fogo, mas foi liberado pelo laudo médico

 PM alega seguir protocolo em negociação trágica em Curitiba

Foto: BandNews Curitiba

A Polícia Militar afirmou durante coletiva de imprensa que tomou todas as medidas cabíveis e seguiu todos os protocolos previstos durante a negociação com o soldado Almeida, que matou a ex-companheira e depois tirou a própria vida nesta terça-feira, no Rebouças, em Curitiba. De acordo com o comandante do 12° Batalhão de Polícia Militar, major Rocha, não houve um momento em que pudesse efetuar algum disparo para neutralizar o homem armado, mesmo com a vítima baleada no interior do veículo.

Os oficiais da PM também destacaram que no mesmo momento em que a vítima foi até a corregedoria, o soldado Almeida foi ao quartel pegar a arma de fogo. Sendo assim, sem tempo hábil para que o crime fosse evitado. O coordenador geral da PM, coronel Cavalheiro, disse que a corporação não tinha conhecimento da Medida Protetiva de urgência solicitada pela Franciele Cordeiro, de 28 anos, ex-companheira do soldado Almeida.

O policial estava atuando no Centro de Operações Policiais Militares (Copom), a sala de rádio que despacha as viaturas para as ocorrências. Ele chegou a ficar afastado do trabalho e sem portar o revólver por mais de 100 dias, mas um laudo médico recente liberou para que ele voltasse às atividades e portasse a arma.

Em um boletim de ocorrência, Franciele registrou que o soldado Almeida havia forçado ela a abortar por duas vezes, uma quando ela estava grávida de dois meses e outra com uma gestação de 7 meses. De acordo com a vítima, o pm teria colocado um produto abortivo durante uma relação sexual entre eles. Ao final da coletiva, a Polícia Militar lamentou pelo ocorrido e disse que segue intensificando as ações contra a violência doméstica dentro e fora da corporação.

Reportagem por Leo Coelho

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Armazéns da Família recebem alimentos com preços mais baixos

Armazéns da Família recebem alimentos com preços mais baixos

Leite em pó, macarrão e carne moída bovina são os itens que receberam as promoções

Em processo de finalização, Caximba produzirá energia solar

Em processo de finalização, Caximba produzirá energia solar

A previsão é de que usina instalada no bairro comece a gerar energia em março

Iniciativa recicla material didático usado

Iniciativa recicla material didático usado

Ação de logística reversa arrecada itens, vende para reciclagem e destina renda para projetos socioambientais

Ilessi traz musicalidade afro-brasileira à Oficina de Música

Ilessi traz musicalidade afro-brasileira à Oficina de Música

Apresentação única acontece às oito horas da noite desta segunda-feira (30), no palco do Guairão.