PM apreende agrotóxicos contrabandeados do Paraguai

Foto: BPFron/PMPR

Nos últimos três dias, o Batalhão de Polícia de Fronteira apreendeu no Paraná 350 quilos de agrotóxicos contrabandeados, uma caminhonete carregada com produtos contrabandeados, sete quilos de maconha, 25 quilos de carne de capivara e uma espingarda de caça.

Chamado de operação Meron, o trabalho da Polícia Militar foi realizado nos municípios de Toledo e Vera Cruz do Oeste, na região da fronteira com o Paraguai. As abordagens foram feitas entre sexta-feira (21) e a madrugada de ontem (24) em vias de acesso ao interior do Estado. Duas pessoas foram presas.

Um homem de 57 anos, que dirigia um veículo com a carne de capivara, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Toledo por caça ilegal e porte ilegal de arma. O outro detido é um rapaz de 22 anos que transportava 370 quilos de agrotóxicos contrabandeados do Paraguai em uma pick-up. A abordagem foi em Vera Cruz do Oeste e o responsável pela mercadoria foi encaminhado à Polícia Federal. O carro e os produtos foram levados à Receita Federal.

Segundo a polícia, agricultores vão até o Paraguai, preparam os insumos e voltam às propriedades já fazendo a pulverização do produto nas plantações. Cada saco custa, em média, R$ 200,00 no Paraguai. Segundo a polícia, somado, o produto apreendido no fim de semana vale aproximadamente R$ 1 milhão.

Reportagem: Narley Resende 

Foto: BPFron/PMPR

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*