Polícia procura por “Médico das Celebridades”

(Foto: divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil do Paraná procura pelo homem conhecido como ‘Médico das Celebridades’. A clínica dele, em Curitiba, foi interditada em uma ação conjunta da polícia com a Vigilância Sanitária e o Conselho Regional de Medicina.

Eduardo Gomes de Azevedo, segundo a investigação, mantinha uma clínica em um edifício no bairro Batel onde chegou até mesmo a aplicar produtos vencidos em pacientes. Além disso, ele tem o registro profissional cassado em estados de toda a parte do país.

De acordo com o Conselho Federal de Medicina, a restrição só não se aplica ao Ceará e ao Maranhão. O delegado Vilson Alves de Toledo, da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Saúde (Decrisa), relata que 17 autuações foram emitidas no local, por uma série de irregularidades.

O irmão de Eduardo também é procurado. A polícia afirma que os dois trabalhavam juntos. Há meses a Polícia Civil tenta encontra-los e até agora nenhum contato foi feito, nem mesmo por parte de advogados. Por isso, o delegado estuda solicitar que a Justiça autorize a prisão deles.

Por meio de nota, o Conselho Regional de Medicina do Paraná destaca que a situação de Eduardo Azevedo é “caso de polícia” e que a atribuição da entidade já foi esgotada, com a cassação, ratificada em outros CRMs e no CFM. Por telefone, a reportagem tentou contato com o homem, mas não foi possível encontra-lo.

Tanto ele quanto o irmão devem responder pelos crimes de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e também exercício ilegal da medicina.

Reportagem: Ricardo Pereira

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*