PolíticaCidadania

Alep aprova reajuste dos servidores da segurança

Assunto foi aprovado, mas categoria ainda aguarda novas propostas

 Alep aprova reajuste dos servidores da segurança

Foto: Ilustrativa/divulgação/PCPR

Deputados aprovaram a proposta de reajuste dos policiais civis. A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) realizou três sessões nesta quarta-feira para conseguir agilizar a tramitação de seis projetos que concedem reajuste salarial às polícias e também tratam do vale-alimentação de parte dos servidores. Os deputados realizaram uma sessão ordinária e, na sequência, outras duas extraordinárias. No entanto, ainda não há acordo entre representantes do Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol) e do Governo do Estado sobre os índices de reajuste.

A categoria realizou uma assembleia ontem (29/03) pela manhã, e pede a reposição de 30%, conforme perdas salariais devido à inflação, como conta o Coronel Sergio Malucelli.

O presidente do Sindicato, Kamil Salmen e outros representantes se reuniram com o governo na Casa Civil e o pedido de 30% não foi aceito. Segundo os policiais, os valores encaminhados pelo governador Ratinho Junior para aprovação no legislativo são diferentes do que foi acordado anteriormente. Com diferenças entre 500 e até 6 mil reais dependendo do cargo. Mas o governador Ratinho Junior disse que a proposta está dentro do que foi combinado e que ela corrige distorções nos salários das polícias.

Um dos motivos do ritmo acelerado das discussões é a obediência a lei eleitoral. De acordo com a lei, o Executivo tem até 4 de abril para conceder reajuste salarial a servidores. A partir de 5 de abril – 180 dias antes das eleições, a prática é vedada. O governo do Paraná pretende aprovar as propostas no Legislativo a tempo de sancionar as medidas até sábado (2).

Segundo o Coronel Malucelli, o prazo reduzido faz com que haja uma discussão interna na categoria sobre aceitar o que foi proposto pelo governo nesse momento para evitar enfrentar mais um longo período com a grande defasagem nos salários.

O Sindicato da categoria anunciou que, enquanto não receber novas propostas – que sejam compatíveis com as expectativas dos servidores, a assembleia segue aberta. Ainda de acordo com o sindicato, pode haver mobilizações, como fiscalizações constantes, paralisações e até mesmo greve.

Reportagem: Amanda Yargas.

felipe.costa

Eduardo Pimentel assume interinamente a prefeitura de Curitiba

Eduardo Pimentel assume interinamente a prefeitura de Curitiba

Greca terá uma agenda de encontros com autoridades portuguesas

Deputados estaduais tomam posse nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa

Deputados estaduais tomam posse nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa

Dos 54 parlamentares, 30 foram reeleitos, três conquistaram vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Foram entregues, ao governo federal, quatro ofícios com demandas nas áreas de infraestrutura e economia

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

Enio Verri assume direção-geral de Itaipu Binacional

O economista que assume a hidrelétrica acumula uma bagagem de duas décadas de vida pública