Primeiro debate na TV reúne candidatos ao governo do Paraná na Band Curitiba

(Foto: divulgação/Band TV Paraná)

O primeiro debate nas eleições para o governo do estado expôs as divergências ideológicas dos candidatos. O encontro foi promovido pela Band Curitiba na noite desta quinta-feira (16). Ainda que tenham colocado pontos divergentes frente a frente, os confrontos foram marcados pela moderação. Tanto que o uso do direito de resposta, que estava à disposição dos participantes, foi requisitado apenas uma vez.

O pedido tinha que ser examinado por uma comissão. O deputado federal João Arruda (MDB) se dirigiu ao deputado estadual Ratinho Junior (PSD) quando abordava o subsídio do governo do estado ao transporte coletivo de Curitiba. O pedido foi negado.

Era grande a expectativa pela abordagem de temas sensíveis ao eleitorado. Segurança pública era um dos assuntos que mobilizava as atenções. Quando abordou o tema, o servidor público Professor Piva (PSOL), defendeu uma reforma no modelo das forças policiais.

Alinhado à direita, o advogado Ogier Buchi (PSL) divergiu e saiu em defesa do uso de armas entre a população.

A governadora Cida Borghetti (PP) ressaltou a importância do monitoramento das estradas e da região de fronteira.

Até às oito e meia da noite, uma hora e meia antes do início do debate, a presença de Ogier Buchi ainda não estava confirmada. O advogado fez o registro eleitoral por conta própria, mesmo depois que a executiva nacional do PSL orientou pela exclusão da candidatura. Curiosamente, Buchi foi o candidato que recebeu o maior número de perguntas durante o debate. Foram oito, ao todo, quatro apenas no último bloco.

Durante o debate, cada candidato poderia escolher livremente para quem iria fazer a pergunta. Desse modo, o ex-deputado federal Doutor Rosinha (PT) respondeu o primeiro questionamento apenas no final do terceiro bloco. Entre os temas abordados estava a questão previdenciária.

Outro tema bastante aguardado era a educação. Ratinho Junior defendeu que os alunos de famílias mais humildes possam ter acesso a modelos didáticos usados no exterior.

Doutor Rosinha saiu em defesa da ampliação dos recursos em diferentes áreas da educação.

O tema educação surgiu mesmo quando o Professor Piva tratava de segurança.

Também era aguardado o que os candidatos tinham a dizer sobre saúde. Ratinho Junior defendeu a descentralização do atendimento.

Cida Borghetti, candidata à reeleição, afirmou que o governo já promove esse tipo de iniciativa.

Assim como no tema do transporte coletivo, mais uma vez João Arruda se dirigiu a um adversário quando falava de saúde.

O debate durou pouco mais de duas horas e meia e marca o ponto de largada das eleições ao governo do estado. Os eleitores vão às urnas no dia 7 de outubro. Se houver necessidade de segundo turno, os dois candidatos mais votados voltam a se reunir na Band Curitiba no dia 18 de outubro.

Reportagem: Cleverson Bravo/Lorena Pelanda/Fernando Fogaça/Ana Tereza May

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*