Primeiro teleférico de Curitiba ficará na Ópera de Arame

Foto: Orlando Kissner/SMCS(arquivo)

O primeiro teleférico de Curitiba está sendo contruido na Opera de Arame. As obras do primeiro teleférico de Curitiba estão em fase inicial. O espaço que vai receber o equipamento do bondinho está delimitado. A previsão é de que seja inaugurado em dezembro deste ano.

A novidade faz parte do projeto Vale da Música, que trouxe à Ópera de Arame um palco flutuante com shows diários de terça-feira a domingo. O passeio de teleférico deve ocorrer no Parque das Pedreiras. O bondinho vai sair ao teatro e chegar ao alto da Pedreira Paulo Leminski. De acordo com o projeto, a cabine terá visão panorâmica com portas e janelas em vidro, e vai permitir conhecer tanto a Ópera de Arame como os palcos e espaços da pedreira por novos ângulos. O teleférico deve custar entorno de R$ 3 milhões.

O valor é custeado pelo banco Bradesco através da Lei Rouanet. Além dos shows, do novo palco, do teleférico e dos tours, o projeto também prevê melhorias na infra-estrutura existente e exposições artísticas periódicas. A administração da Opera de Arame é terceirizada pela DCSET evento.

Reportagem: Narley Resende

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*