Principais órgãos que estudam finanças do estado estão otimistas para 2019

Foto: Rodolfo Buhrer/Aen

Economistas e investidores paranaenses esperam um crescimento de até 2,5% na economia brasileira para 2019. Os principais órgãos que estudam as finanças do estado se reuniram essa semana, traçando um panorama para 2019 dentro dos setores do comércio, indústria, agricultura, pecuária e emprego.

Segundo o vice-presidente do Conselho Regional, Carlos Magno Bittencourt, a avaliação para o próximo ano é positiva.

A mudança de governo, segundo o vice-presidente, faz com que as pessoas fiquem mais otimistas e dispostas a se arriscar no mercado.

Na avaliação do ano de 2018, o crescimento registrado de 1,5% não foi o suficiente para retomar a economia no país.

Em 2018, a safra de grãos teve um bom desempenho, que contribuiu com a circulação de dinheiro no país. Por outro lado, a greve dos caminhoneiros, o fechamento para exportações no setor da pecuária e o ano eleitoral, que gerou incertezas para os consumidores e empresários, foram pontos que prejudicaram a economia brasileira.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*