Processo Seletivo Simplificado tem mais de 225 mil inscritos para trabalhar em escolas estaduais em 2019

Foto: Hedeson Alves

Mais de 225 mil pessoas se inscreveram no Processo Seletivo Simplificado (PSS), para trabalhar em escolas da rede estadual de educação em 2019. A classificação provisória será divulgada no site da Secretaria da Educação do Paraná no dia 6 de novembro, a partir das 16h. No dia 14 sai a lista com a classificação final.  Foram lançados três editais diferentes, que vão selecionar professores, pedagogos, tradutores e intérpretes da Língua Brasileira de Sinais, além de assistentes administrativos, técnicos agropecuário e florestal e auxiliares de serviços gerais.

Os participantes poderão protocolar recurso questionando a classificação inicial nos dias 07 e 08 de novembro, diretamente no Núcleo Regional de Educação em que estão inscritos, das 09h às 17h. O recurso deve ser apresentado em um formulário único, conforme modelo disponível nos editais de classificação provisória, com todos os questionamentos devidamente fundamentados e justificados. O PSS utiliza prova de títulos, em vez de realizar testes escritos ou práticos. Ao fazer a inscrição, o candidato informa escolaridade, tempo de serviço e aperfeiçoamento profissional, relativos à função em que está se inscrevendo. O sistema calcula automaticamente a pontuação do candidato.

Depois da classificação final, os candidatos precisam comprovar os títulos, apresentando toda a documentação exigida em edital nos Núcleos Regionais de Educação. Está prevista a seleção de, no mínimo, 15 mil candidatos por meio do PSS.

Para 2019, está prevista uma recuperação salarial dos professores contratados pelo PSS. Segundo o governo do estado, a remuneração destes profissionais volta a ser de R$ 2.831 mais R$ 826de auxílio-transporte, para uma carga horária de 40 horas semanais. Durante o ano de 2018, estes professores tiveram salário de R$ 2.455,12.

Reportagem: Ana Flavia Silva

Foto: Hedeson Alves