ParanáGeral

Professores da UTFPR paralisam atividades nesta quinta (28)

A mobilização faz parte do movimento nacional de servidores públicos, que cobra reajuste de 19,9%

 Professores da UTFPR paralisam atividades nesta quinta (28)

Foto: Reprodução/UTFPR

Sem recomposição salarial desde 2017, professores da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) estão de braços cruzados nesta quinta-feira (28). A mobilização faz parte do movimento nacional de servidores públicos, que cobra reajuste de quase 20% do governo federal, referente às perdas salariais acumuladas nos últimos três anos. A paralisação de hoje (quinta-feira, 28) foi retirada em assembleia geral dos professores da instituição, organizada pela Seção Sindical dos Docentes da UTFPR (SINDUTF-PR).

Segundo o presidente da entidade, professor Lino Trevisan, a mobilização é necessária para conscientizar a comunidade acadêmica e a sociedade sobre a situação dos docentes.

Conforme a entidade, a paralisação também tem como pauta a valorização da universidade pública, contra cortes orçamentários e por melhores condições de trabalho. Desde o dia 23 de março, os docentes da UTFPR estão em indicativo de greve e podem cruzar os braços nas próximas semanas. A instituição possui cerca de 2.500 professores espalhados em 13 campi de diferentes cidades do Paraná, como Curitiba, Londrina e Guarapuava.

Reportagem: Leonardo Gomes.

felipe.costa

Milho embarcado em Paranaguá cresce 161% em janeiro

Milho embarcado em Paranaguá cresce 161% em janeiro

Paraná é o segundo estado do país com maior número de plantas autorizadas

Obra da Orla de Matinhos atinge 67% de conclusão

Obra da Orla de Matinhos atinge 67% de conclusão

O investimento do governo na obra de revitalização é de R$ 500 milhões