PT desenha bloco de oposição à reeleição de Rodrigo Maia na Câmara Federal

Foto: Marcelo Camargo e Wilson Dias/Agência Brasil

A disputa de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à reeleição na Presidência da Câmara Federal pode enfrentar uma forte oposição de um bloco de partidos liderado pelo PT. De acordo com Gleisi Hoffmann, presidente da legenda, a ideia é lançar uma chapa de oposição em parceria com siglas como o PC do B, PSB, PDT e o PSOL. Em entrevista exclusiva à BandNews, Gleisi afirmou que o PT não pode participar de um processo para formar um bloco governista, uma vez que o PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, já anunciou que vai apoiar o parlamentar.

O PT na Câmara Federal vinha negociando o apoio a Rodrigo Maia em troca de espaço na Mesa Diretora da Casa e também para evitar o isolamento do partido na Casa. O apoio do PSL, no entanto, inviabiliza qualquer avanço nesse sentido.

Para a presidente do Partido dos Trabalhadores, a proximidade entre DEM e PSL deixa claro que Jair Bolsonaro está imerso no sistema que sempre criticou e que segue a máxima do “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”.

Além do PSL, o PRB também já anunciou apoio à Rodrigo Maia, mas o parlamentar segue negociando a permanência no posto com outros partidos. No caso do partido de Jair Bolsonaro, essa articulação prevê a ocupação das presidências da Comissão de Constituição e Justiça, a mais poderosa da Casa, e da Comissão de Finanças e Tributação. Entra na conta ainda a 2ª vice-presidência, que é responsável, entre outros pontos, pelo ressarcimento das despesas médicas dos deputados.

Reportagem: Daiane Andrade

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*