ParanáGeral

Quase cem empresas paranaenses foram denunciadas por assédio eleitoral

Os números são quase cinco vezes maiores em relação às eleições de 2018

 Quase cem empresas paranaenses foram denunciadas por assédio eleitoral

Foto: Divulgação

Mais de 85 empresas paranaenses já foram denunciadas por assédio eleitoral nestas eleições. Os números vêm crescendo e são altos em todo o país, com mais de mil denúncias registradas até segunda-feira (24). Os dados foram divulgados no último boletim do Ministério Público do Trabalho (MPT) e são quase cinco vezes maiores em relação às eleições de 2018, quando foram registradas 212 denúncias ligadas a 98 empresas.

As regiões com maior número de casos são a Sudeste e a Sul, com 422 registros cada. Depois vieram as regiões Nordeste (187), seguida pela Centro-Oeste (87) e Norte (29). De acordo com Procurador do Trabalho em Cascavel e Coordenador do Grupo Especial de Atuação Finalística (GEAF) de Assédio Eleitoral do MPT-PR, Anderson Luiz Correa da Silva, atitudes da empresa que possam de alguma forma coagir ou constranger o trabalhador com o intuito induzi-lo a votar em determinado candidato, configuram assédio eleitoral.

O procurador do Trabalho lembra ainda que as empresas que são denunciadas podem ser punidas, inclusive criminalmente.

O trabalhador que for vítima de assédio eleitoral deve denunciar a empresa e tem a opção de fazer isso sem se identificar. Mas a orientação é, se possível, apresentar provas que comprovem essa situação.

As denúncias podem ser feitas no site do Ministério Público do Trabalho ou pelo aplicativo “MPT Pardal”. 

vanessa.fontanella

Buscas por vítimas do deslizamento de terra na BR-376 avançam

Buscas por vítimas do deslizamento de terra na BR-376 avançam

Volume de terra que ainda resta para ser removido é cerca de 5 mil m³

DER-PR alerta sobre limite de peso no ferry boat

DER-PR alerta sobre limite de peso no ferry boat

Ultrapassar esse limite pode danificar atracadouros e colocar em risco os usuários

Caso Evandro: revisão criminal é retirada de pauta

Caso Evandro: revisão criminal é retirada de pauta

O menino desapareceu no percurso entre a casa dele e a escola