Quinze municípios vão receber botão do pânico no Paraná

(Foto: Aliocha Maurício/SEDS)

Quinze municípios do Paraná vão receber a implantação do botão do pânico. O equipamento vai ajudar na proteção das mulheres vítimas de violência que se sentirem ameaçadas com a proximidade dos agressores, se eles descumprirem medida protetiva. Algumas cidades beneficiadas serão Curitiba, Fazenda Rio Grande, Araucária, Pinhais e Paranaguá.

Os municípios foram selecionados de acordo com alguns critérios, como os registros de alto índice de violência contra a mulher, Guarda Municipal em funcionamento e existência do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

De acordo com a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Letícia Raimundo, o botão do pânico vai ajudar a combater esse tipo de crime.

A secretária afirma que a ideia é que cada município receba 50 botões do pânico.

No total, foram investidos dois milhões e seiscentos mil reais para implantar o dispositivo. A mulher em situação de risco é inserida no projeto por decisão judicial. Depois de cadastrada no sistema de monitoramento da Guarda Municipal, que registrará as informações pessoais e do agressor, ela recebe o dispositivo de segurança.

(Foto: Aliocha Maurício/SEDS)

O aparelho é pequeno e de fácil manuseio. Ao sentir-se ameaçada com a presença do agressor em qualquer lugar, ela deve apertar o botão do pânico, que acionará imediatamente a Guarda Municipal. Na hora, ela perceberá uma vibração no dispositivo, confirmando o acionamento.

Reportagem: Lorena Pelanda

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*