PolíticaEleições

Eleições 2022: em Brasília, Ratinho defende reeleição de Bolsonaro

Governador afirma que mais de 70% dos prefeitos do Paraná vão apoiar Bolsonaro

 Eleições 2022: em Brasília, Ratinho defende reeleição de Bolsonaro

Foto: Reprodução

O presidente da República, Jair Bolsonaro, candidato à reeleição pelo PL, recebeu uma comitiva do Paraná, no Palácio da Alvorada, em Brasília, nesta quarta-feira (05). Além de prefeitos e parlamentares, o grupo contou com a presença do governador reeleito do Estado, Ratinho Junior, do PSD. Em pronunciamento, Ratinho reafirmou o apoio à candidatura de Bolsonaro.

Na internet, o governador reeleito disse que reafirma o “compromisso” com o presidente e com o Governo Federal. Ratinho observou que “esse foi o governo que mais investiu no nosso Estado nos últimos 30 anos”. Na mensagem, ele falou em “apoio total” e “gratidão do Paraná”.

Em Brasília, o governador destacou a parceria com a União para realizar obras de infraestrutura, entre elas a nova ponte entre o Brasil e o Paraguai. Ratinho citou que os investimentos estão transformando o Estado “numa grande central logística da América do Sul”. No Paraná, Bolsonaro teve 55,26% dos votos válidos no primeiro turno das eleições.

Ratinho defendeu que “o governo do presidente Bolsonaro representa aquilo que a grande maioria dos paranaenses entende como valores importante de uma sociedade, que é defesa da família, da propriedade, a valorização da vida e, automaticamente, entende que esse modelo de governo que está sendo liderado pelo presidente Bolsonaro é um modelo importante para que o Brasil continue crescendo, se desenvolvendo e melhorando a vida das pessoas”.

Com informações da Agência Brasil

Cleverson Bravo

Vereadores votam reposição salarial para servidores na terça

Vereadores votam reposição salarial para servidores na terça

Reajuste de 7,17% pode ser estendido aos próprios vereadores

Representação do PL quer invalidar votos da maioria das urnas

Representação do PL quer invalidar votos da maioria das urnas

Um laudo técnico indica que foram constatadas evidências de mau funcionamento de urnas eletrônicas