Ratinho Junior diz que eleição de Bolsonaro deve melhorar relacionamento entre Paraná e governo federal

Thaissa Martiniuk/BandNews Curitiba)

O governador eleito Ratinho Junior, do PSD, acredita que o relacionamento entre o Paraná e o Governo Federal deve melhorar após a escolha de Jair Bolsonaro, para a presidência. Ratinho participou ativamente da campanha de Bolsonaro e espera que o país se desenvolva, principalmente em relação ao mercado de trabalho e bem estar dos brasileiros.

Ratinho Junior votou na manhã deste domingo (28) na Escola Municipal Vinhedos, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Ele chegou ao colégio por volta de 9h da manhã e levou apenas cinco segundos parar registrar o voto. Em breve entrevista Ratinho Júnior disse que os senadores paranaenses eleitos neste pleito estão alinhados com as propostas de melhorias para o Paraná e afirmou que o que deve prevalecer são os interesses da sociedade.

Ratinho Junior ainda comentou que a relação com a bancada de deputados federais é boa e disse que na próxima terça-feira viaja para o Distrito Federal com o intuito de apresentar algumas propostas de emenda para a bancada paranaense incluir no orçamento da União para o próximo ano. O governador eleito explicou que a Fundação Dom Cabral foi contratada para fazer um organograma e uma modernização da máquina pública paranaense.

De acordo com ele, a instituição foi chamada para analisar a necessidade de continuidade de algumas secretarias estatuais e a criação de outras. O governador eleito esclareceu que a partir dessa apreciação é que se fará a escolha de todo o secretariado. Nesta semana, Ratinho Júnior anunciou que o novo Secretário de Segurança Pública do Paraná será o General do Exército Luiz Felipe Carbonel.

De acordo com o político, Carbonel foi escolhido pelo conhecimento vasto em regiões fronteiriças e pela capacidade de integrar as forças de segurança do Estado.

Na escola Municipal Vinhedos, local de votação de Ratinho Junior e de outros 1.035 eleitores, não houve registro de problemas nas seções eleitorais.

Reportagem: Lorena Pelanda/Thaissa Martiniuk

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*