PolíticaCidadania

Regras do transporte escolar podem mudar na capital paranaense

Câmara discute alteração na legislação que regulamenta prestação do serviço

 Regras do transporte escolar podem mudar na capital paranaense

Foto: Ari Dias/AEN

As regras do transporte escolar podem mudar na capital paranaense. Um projeto de lei foi debatido na Câmara Municipal, na manhã desta segunda-feira (06). O texto prevê que pessoas físicas, com licença de condutor autônomo emitida pela Urbs, possam ser proprietárias de empresas do transporte escolar. Na legislação atual, é preciso optar por conduzir o veículo da pessoa física ou da empresa.

O autor da matéria, o vereador Professor Euler (MDB), explica que a mudança torna legal algo que já é permitido pela Urbs.

Outra alteração é na substituição do motorista, caso o condutor licenciado seja impedido de trabalhar por algum motivo. De acordo com o parlamentar, a proposta é que a troca seja feita por qualquer pessoa habilitada. Assim, os estudantes não ficariam sem transporte no período de afastamento.

As regras de afastamento valem também para os monitores de veículos cadastrados no serviço de transporte escolar. Diversos parlamentares pediram ajustes na matéria. O vereador Professor Euler (MDB) solicitou que a votação seja adiada em quatro sessões, para correções no projeto.

Reportagem: Larissa Biscaia.

felipe.costa

Justiça nega liminar para suspender cassação de Renato Freitas

Justiça nega liminar para suspender cassação de Renato Freitas

Renato Freitas foi cassado, semana passada, pelo plenário da Câmara

Ana Julia assume o cargo de vereadora na próxima segunda

Ana Julia assume o cargo de vereadora na próxima segunda

Ela será a vereadora mais nova da atual legislatura, com 22 anos

Assembleia Legislativa do Paraná suspende recesso de julho

Assembleia Legislativa do Paraná suspende recesso de julho

Também durante a sessão foram anunciadas algumas mudanças em função do processo eleitoral

Curitiba pode liberar transporte de pets em ônibus

Curitiba pode liberar transporte de pets em ônibus

Projeto permite o acesso a animais de até 15 quilos em caixas