ParanáGeral

Secretaria da Fazenda alerta para furtos de notas fiscais doadas

Foram denunciados casos de furtos ocorridos em estabelecimentos no Interior do Estado

 Secretaria da Fazenda alerta para furtos de notas fiscais doadas

Foto: Gilson Abreu/AEN

Casos de furtos de notas fiscais doadas às instituições cadastradas no programa Nota Paraná estão sendo apurados pela Secretaria de Estado da Fazenda. Eles foram relatados ao longo da última semana em estabelecimentos no interior do Estado. Os documentos fiscais doados por consumidores são depositados em urnas de entidades de caridade, nos estabelecimentos e depois recolhidos por ela, que têm as notas convertidas para gerarem créditos e também concorrem a prêmios do programa.

É importante que as instituições orientem seus colaboradores, funcionários, voluntários ou terceirizados para que façam o recolhimento adequado das notas que pertencem a sua entidade. Para ajudar as entidades, o consumidor pode doar as notas fiscais em que não informar seu CPF, assim, os bilhetes para concorrer aos sorteios do programa, concedidos de acordo com as compras realizadas, vão para a instituição que, por sua vez, aumenta as chances de contemplação. As mais de mil instituições sociais cadastradas no Nota Paraná concorrem a valores mensais de R$ 100 e R$ 20 mil. Os prêmios totalizam R$ 2,2 milhões por mês.

Reportagem: Redação.

felipe.costa

Paraná: Número de eleitores maiores de 70 anos cresce 31%

Paraná: Número de eleitores maiores de 70 anos cresce 31%

Voto é facultativo nessa faixa etária e a ausência não acarreta em punição ao eleitor

TRE/PR define urnas que passam por auditoria, no domingo (2)

TRE/PR define urnas que passam por auditoria, no domingo (2)

Procedimento de checagem é realizado em 35 urnas eletrônicas, no Paraná

Casamentos no Paraná aumentam quase 8% em julho de 2022

Casamentos no Paraná aumentam quase 8% em julho de 2022

Foi registrado um total de 4.034 casamentos, 7,8% a mais que o verificado em junho

Bancário é suspeito de desvios que ultrapassam R$ 1,2 milhão

Bancário é suspeito de desvios que ultrapassam R$ 1,2 milhão

Na casa dele foram apreendidos documentos, talões de cheque, cartões de crédito e contratos