Secretaria da Fazenda do Paraná cria força-tarefa para descobrir como estão as contas do Estado

(Foto: Juliana Goss/BandNews Curitiba)

A nova equipe que assumiu as contas públicas do Estado ainda não tem um balanço financeiro da última gestão e não sabe precisar quando terá. Em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (10), o secretário da Fazenda, Renê de Oliveira Garcia Junior, afirmou que o sistema contábil do Estado apresenta incongruências, no entanto, ele não detalhou quais são e se o saldo em caixa é positivo.

Só será possível confirmar de fato se o estado tem R$ 400 milhões em caixa, conforme anunciado pela ex-governadora Cida Borgethi, após uma auditoria que será feita por uma força-tarefa que iniciou os trabalhos nesta quinta-feira. O secretário confirmou o que já havia sido dito pelo governador Ratinho Junior, que a nova equipe se deparou com um problema no software de dados da Secretaria Estadual da Fazenda, dificultando o acesso as informações.

Cerca de 60% dos dados estão no Sistema Integrado de Finanças Públicas e, por isso, não é possível ainda ter um panorama da real situação fiscal do Paraná.

Segundo o secretário, a quantidade de restos a pagar também está indefinida. É possível que alguns pagamentos sejam cancelados, se forem encontradas irregularidades.

Renê de Oliveira Garcia Junior ressaltou, porém, que a antiga gestão não desrespeitou os enquadramentos da Lei de Responsabilidade Fiscal.

A nova gestão ainda está no escuro com relação às finanças e esse foi o motivo do bloqueio de 20% no orçamento para 2019. São cerca de R$ 8,1 bilhões de recursos contingenciados como medida preventiva. O controlador-geral do Estado, Raul Siqueira, explicou que uma equipe formada por profissionais multidisciplinares irá coletar os dados do sistema e, a partir daí, uma análise detalhada das finanças do Estado deve ser feita.

A Procuradora-geral do Estado em exercício, Isabel Marques, reforçou que dois procuradores irão acompanhar as atividades da força-tarefa.

O balanço da situação financeira do Paraná é prioridade na nova equipe. No entanto, não foi divulgado o prazo para a conclusão dos trabalhos.

Reportagem: Juliana Goss

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*