Suspeito de atropelamento em Itaperuçu se apresenta à polícia nesta quarta

O motorista suspeito de atropelar e matar duas mulheres na Grande Curitiba deve se apresentar à polícia nesta quarta-feira (25). Bryan Jovinski Ribas, de 24 anos, não tem carteira de habilitação, mas estava na direção do carro de propriedade da avó.

A previsão é a de que ele compareça à Delegacia de Itaperuçu no fim da manhã de amanhã, de acordo com o delegado Nasser Salmen, responsável pelas investigações.

As vítimas, identificadas como Simone Donato dos Santos e Sônia Maria Souza, eram parentes. Tia e sobrinha voltavam da missa a pé pela calçada quando foram atingidas pelo carro conduzido pelo jovem. Elas morreram no local.

O atropelamento foi registrado pouco depois das 10 horas, na avenida Industrial, no bairro Jardim Itaú, em um ponto próximo à uma rotatória, uma curva e a linha férrea. Na cidade, circula a informação de que uma das mulheres já teria trabalhado para a família de Bryan – coincidência que o delegado não confirma.

Depois de bater nas vítimas, o carro ainda percorreu cerca de 80 metros até cair na valeta. Mesmo ferido, o motorista teria conseguido se esconder nas imediações e fugir logo após a chegada de uma ambulância ao local. Havia pelo menos mais uma pessoa no veículo, que também foi embora sem prestar socorro.

O automóvel, um Ônix, foi levado para a Delegacia de Rio Branco do Sul, ainda na região da capital.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem