PolíticaGeral

Suspeito de incêndio que matou uma pessoa é preso

Uma mulher morreu e três pessoas ficaram feridas

 Suspeito de incêndio que matou uma pessoa é preso

Foto: reprodução/WhatsApp

Está preso o homem de 41 anos, suspeito de ter causado o incêndio que matou uma pessoa em Maringá, noroeste do Paraná. Ele foi detido no domingo (13) à tarde. No incêndio, uma mulher morreu e três pessoas, entre elas uma gestante, ficaram feridas. O local funcionava como um pensionato e, no momento do incêndio, nove pessoas estavam na residência.

O tenente Janderson Lopes, do Corpo de Bombeiros, atendeu a ocorrência.

O homem foi abordado pelo responsável do imóvel e, na sequência, encaminhado à delegacia, pela Polícia Militar (PM). Ele foi preso em flagrante pelos crimes de incêndio doloso com as qualificadoras da ocorrência de morte e lesões corporais graves. De acordo com a corporação, em depoimento à polícia o homem confessou o crime e afirmou que não pretendia causar mortes, apenas “dar um susto” em um usuário de drogas que estava na casa. Ele também disse que teria emprestado uma quantia em dinheiro para o usuário de drogas comprar pedras de crack. Como não recebeu o dinheiro de volta, quis se vingar.

O delegado Adriano Garcia, da Polícia Civil, relatou, em entrevista à TV Band, como a prisão aconteceu.

A pena para o crime de incêndio é de até seis anos, e pode ser aumentada em caso de lesão corporal grave e dobrada no caso de morte. Segundo a polícia, o homem não tinha antecedentes criminais. Conforme os bombeiros, dos feridos, um homem e uma mulher estavam com queimaduras severas de segundo e terceiro grau em cerca de 90% do corpo, e precisaram ser sedados e intubados ainda no local. Os bombeiros informaram, também, que as vítimas apresentaram queimaduras de terceiro grau na pele e em vias aéreas e foram encaminhadas a hospitais da região.

ricardo.pereira

Cadeira Anfíbia: profissionais são capacitados para o uso do equipamento

Cadeira Anfíbia: profissionais são capacitados para o uso do equipamento

As cadeiras anfíbias permitem o acesso de pessoas com deficiência à areia e ao mar

Expectativa de vida aumenta para 78,5 anos no Paraná

Expectativa de vida aumenta para 78,5 anos no Paraná

Com o censo populacional defasado, os dados ainda não consideram a pandemia do coronavírus

DER oferece guincho em rodovias do norte e norte pioneiro

DER oferece guincho em rodovias do norte e norte pioneiro

Em caso de acidentes, os usuários podem acionar o guincho gratuitamente pelo telefone 0800-400-0404

PRF identifica responsáveis por bloqueio em rodovia no Paraná

PRF identifica responsáveis por bloqueio em rodovia no Paraná

O episódio ocorreu há uma semana em União da Vitória