Suspeitos de integrarem facção criminosa são presos em Curitiba

(Foto: divulgação/Polícia Civil)

Três pessoas foram presas e um adolescente apreendido nesta quinta-feira em Curitiba. Todos são suspeitos de integrarem o Primeiro Comando da Capital, o PCC. Segundo a delegada da Denarc, Camila Cecconelo, um deles estaria diretamente ligado à fuga da Penitenciária Estadual de Piraquara, que aconteceu no dia 11 de setembro.

Para executar esta fuga, o grupo explodiu o muro da penitenciária, ateou fogo em cinco caminhões e dois carros nas vias de acesso para evitar que a polícia conseguisse chegar. Além das acusações por fazerem parte do PCC, o grupo também foi preso pelo homicídio de  um casal na noite de quarta-feira (26) no bairro da Caximba.

Segundo a polícia, o bando teria mantido o homem e a mulher em cárcere privado por 24 horas. As investigações apontam que eles que queriam informações sobre um assassinato de um integrante do PCC.

O casal teria sido foi torturado e morto com tiros de uma submetralhadora. Os corpos foram encontrados durante a noite desta quinta-feira (27) na região da Caximba, extremo sul de Curitiba. Eles ainda não foram identificados. Junto com os criminosos, foram apreendidos três pistolas, a submetralhadora e mais dois veículos roubados. Os três estão presos na Denarc e o adolescente será encaminha para a Delegacia do Adolescente.

Reportagem: Alexandra Fernandes

(Foto: divulgação/Polícia Civil)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*