Policial que teria chefiado esquema de corrupção na Delegacia de Estelionato é afastado do trabalho

Está afastado do trabalho o policial que é investigado pelo Gaeco, por suspeita de corrupção. O servidor, lotado na Delegacia de Estelionato, em Curitiba, seria o responsável por liberar um homem preso em flagrante depois do recebimento de R$ 25 mil reais. O detido seria um batedor de cigarros contrabandeados e teria sido preso com […]