Motorista esfaqueado em arrastão desiste de trabalhar à noite

Depois de ter sido esfaqueado durante um arrastão no ônibus que conduzia, o motorista Pedro Cícero, 39 anos, não quer mais trabalhar à noite. A decisão vem com o acúmulo de mais de 50 assaltos durante os quinze anos que exerce a profissão no transporte público coletivo. No entanto, a gota d’água foi no último […]