CuritibaServiços

Teatro Guaíra apresenta versão contemporânea de “O Lago dos Cisnes”

Montagem está em cartaz nos dias 24 e 25 de julho

 Teatro Guaíra apresenta versão contemporânea de “O Lago dos Cisnes”

Foto: Divulgação Teatro Guaíra

O espetáculo “O Lago dos Cisnes” entra em cartaz no palco do Guairão, nos dias 24 e 25 de julho. O Balé Teatro Guaíra apresenta uma montagem contemporânea do clássico do folclore europeu. A obra conta a história de Odette, uma jovem apaixonada por um príncipe, mas que é transformada em cisne por um bruxo. A filha dele, Odile, tenta separar o casal. Quem assiste ao espetáculo não vai encontrar bailarinas clássicas, com figurinos de tule branco.

De acordo com o diretor e coreógrafo da montagem, Luiz Fernando Bongiovanni, o objetivo da linguagem contemporânea é aproximar o público do ambiente cultural.

A obra musical original foi composta por Tchaikovsky em 1876 e encenada pela primeira vez no ano seguinte. Para o diretor, o principal aprendizado do período de pandemia foi a valorização da presença do público.

As apresentações acontecem neste domingo (24), às seis horas da tarde, e na segunda-feira (25), às oito e meia da noite. Os ingressos estão à venda e custam R$ 10,00, a meia-entrada, e R$ 20,00, a inteira.

Reportagem: Larissa Biscaia.


felipe.costa

Carnaval de Curitiba volta com estreia de festival de Metal

Carnaval de Curitiba volta com estreia de festival de Metal

Zombie Walk e os desfiles das escolas de samba também estão confirmados

Parada: responsáveis por trio são indiciados em morte de DJ

Parada: responsáveis por trio são indiciados em morte de DJ

Proprietária da empresa, dois colaboradores e o motorista responderão por homicídio doloso

Armazéns da Família recebem alimentos com preços mais baixos

Armazéns da Família recebem alimentos com preços mais baixos

Leite em pó, macarrão e carne moída bovina são os itens que receberam as promoções

Em processo de finalização, Caximba produzirá energia solar

Em processo de finalização, Caximba produzirá energia solar

A previsão é de que usina instalada no bairro comece a gerar energia em março