Tecnologia 3D é usada por empresas para economizar tempo e dinheiro

(Foto: reprodução/Facebook)

A realidade virtual já é, de fato, uma realidade no dia a dia de muitas empresas. Antes vistos em brinquedos e jogos, os óculos de realidade em 3 dimensões começam a ganhar espaço em negócios com foco em economia: não só de dinheiro, mas também de tempo.

O item é opção para construtoras que apresentam apartamentos decorados – e agora fazem isso por meio da tecnologia, sem tirar do consumidor a experiência de visualizar, visitar e caminhar por dentro do imóvel – só que de forma virtual.

Uma empresa de locação de imóveis em Curitiba aposta na utilização do equipamento para que os clientes não precisem visitar pessoalmente os locais. É o que explica a diretora da Shorstay Curitiba, Fernanda Seres.

A empresa, que faz locação de imóveis para períodos curtos, tem muitos clientes de fora do estado. A realidade virtual – ou VR , da sigla em inglês – é aplicada por meio de óculos especiais, mas também pelo computador. Em alguns cliques o locatário conhece o espaço que pretende alugar, sem precisar sair de casa.

Uma das referências no mercado VR é a empresa curitibana Beenóculos. Considerada uma das dez maiores inovações na conferência CES 2015, a tecnologia da start up deu origem a Beetools, uma escola de inglês que aposta na inovação para ensinar os alunos. O processo de ensino e contratação promete acabar com burocracias e oferecer interação com personagens virtuais e ferramentas on line.

De acordo com o CEO da franqueadora, Fabio Ivatiuk, a proposta é usar a tecnologia sem dispensar a interação humana.

Na prática, o aluno faz parte de uma história e vivencia situações comuns do dia a dia. Não existe contrato, nem horário fixo de aula: tudo é comprado e agendado por um aplicativo, onde o aluno também faz atividades e interage com outros estudantes.

Em dois meses, a rede de escolas já abriu 4 unidades em Curitiba e tem a previsão de inaugurar outras 5 até o fim do ano. Há ainda franqueados na região metropolitana da capital e até em cidades na região Nordeste do país, além de Minas Gerais e São Paulo.

(Foto: reprodução/Facebook)

Reportagem: Ana Flávia Silva

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*